Artigos

A virtude da temperança: o AEIOU da educação infantil

É frequente ser questionado nas diversas palestras que ministro em várias instituições de ensino do por que insisto tanto na importância do estímulo à virtude da temperança na educação infantil. O motivo principal dessa minha “obsessão” nasceu do estudo da tese de doutorado de Jose Manuel Roqueñi (Educación de laAfectividade: Una propuesta desde el Pensamiento [...]

Continue lendo

A necessidade da presença masculina no magistério

A necessidade da presença masculina no magistério Algumas reflexões brasileiras Autores: João Eduardo Bastos Malheiro de Oliveira, Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ Rua Marquês de Valença, 139 – 20.550-030 – Rio de Janeiro; Colégio Santa Monica/www.colegiosantamonica.com.br malheiro.com@gmail.com/ Blog: www.escoladesagres.org/ 00 55 21 8270-0056 (telemóvel) ou 2568-0066 (res.) Adrianna Andrade Abreu, [...]

Continue lendo

O verdadeiro “Carpe diem”: ser capaz de amar

1. A incapacidade de amar A clássica expressão do filósofo Horácio Carpe diem!, que significa “aproveita o momento”, é uma máxima muito conhecida cujo sentido original nem sempre conseguiu ser captado pela literatura, cinema e poesia, entre outros. A intenção do filósofo romano era convidar o discípulo a apostar no presente, a descobrir o valor [...]

Continue lendo

A vocação de um bom professor

Durante o Congresso Nacional de Educação de 2005, no Rio de Janeiro, ao ser interrogado sobre como se definiria um bom professor, Erik Hanushek, doutor em Economia pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT) e pesquisador da educação há mais de 40 anos, foi categórico: “Fiz uma ampla gama de estudos que indicam que as formas comuns de se medir [...]

Continue lendo

O direito intransferível dos pais na educação

Têm vindo à baila recentemente no noticiário algumas pretensões governamentais de legislar sobre como os pais devem educar os seus filhos, dispondo sobre os limites dos castigos, das palmadas e dos beliscões por parte dos progenitores. Nessa mesma direção, autoridades judiciárias do Rio Grande do Sul chegaram inclusive a afirmar que “os filhos não são propriedades dos pais. Eles [...]

Continue lendo

Família e Escola: aliados ou inimigos?

Alguém me dizia certa vez, evidentemente de forma irônica, que se um marciano aterrissasse no nosso planeta e observasse o nosso relacionamento social, perguntaria perplexo a qualquer terráqueo: “Olhe: aconteceu alguma revolução recentemente nas famílias de vocês? É que se percebe um fato curioso: os pais vão buscar os filhos às quatro horas da manhã numa festa longínqua, carregam [...]

Continue lendo

Os Responsavéis pela Educação

Quando os educadores analisam as diferentes condições sócio-econômicas das famílias brasileiras, pesquisas demonstram que existem dois tipos de família : o grupo de classe média e alta, que coloca os filhos em escola particular (12%), e o restante da população, que usa a escola pública (88%). No primeiro grupo, em geral, os pais sentem-se confortáveis porque seu filho está [...]

Continue lendo