Colégio Porto Real

    A partir de um método inovador chamado Snipe, reconhecido internacionalmente, o Projeto Educacional do Ensino Fundamental I constitui uma dupla meta: a desenvolvimento intelectual e formação ética de nossos alunos.

    A grade curricular e as estratégias pedagógicas dos dois primeiros anos constituem uma continuidade do Projeto Optimist (Educação Infantil), aproveitando o final dos períodos sensitivos, preparando o adequado desenvolvimento da capacidade intelectual, dando ênfase a aprendizagem dos instrumentos básicos: leitura, escrita e matemática.

    Considerando essa fase que antecede a adolescência e se apresenta com um potencial de aprendizagem das habilidades intelectuais e da educação da vontade, o plano de estudos e o trabalho diário contemplam, de um lado, o desenvolvimento cognitivo e as habilidades de pensamento, de outro, o fortalecimento da vontade por meio da vivência das virtudes.

    Dessa forma, o Colégio Porto Real possui suas finalidades educativas centradas na individualidade da pessoa e na colaboração com os pais, que são os educadores por natureza e por direito.
    O colégio busca uma educação personalizada, que alcançará de cada aluno o máximo de desenvolvimento possível de suas capacidades e aptidões. Por compreender que para educar é preciso atender à totalidade do ser humano, o método prioriza as cinco vertentes humanas em sua totalidade:

    1. Desenvolvimento físico-corporal: Por meio de atividades físicas diárias, o aluno desenvolve aptidões sensoriais e motoras, além de fomentar virtudes humanas e promover hábitos de saúde e higiene pessoal.
    2. Formação do intelecto: Ensinar o aluno a pensar e a desenvolver critérios é fundamental no avanço real de sua formação. Portanto, procura-se que nossas crianças alcancem uma sólida fundamentação racional, orientando a aquisição de conhecimentos, hábitos e técnicas de trabalho intelectual, desenvolvendo ao máximo suas habilidades.
    3. Fortalecimento da vontade: A educação da vontade tem como objetivo procurar que cada aluno se forme no esforço e na responsabilidade pessoal, desenvolvendo hábitos que fortaleçam sua capacidade de decisão e permitam colocar em prática o que foi decidido.
    4. Formação da afetividade: Junto à formação da inteligência e ao fortalecimento da vontade, é necessário também atender ao desenvolvimento da afetividade. É preciso educar ensinando a esforçar-se dia a dia para fazer o que deve ser feito. Com a motivação oportuna o aluno irá aprender a aproveitar o tempo, tirar partido dos próprios talentos, vencer as limitações, buscar sempre fazer algo a mais pelas pessoas que estão ao redor, manter uma relação cordial com todos etc.
    5. Formação religiosa: A formação religiosa do Colégio Porto Real é inspirada na visão cristã católica de enxergar a transcendência. Diante disso, entendemos que a liberdade de consciência pressupõe um direito fundamental de qualquer pessoa de buscar a verdade; de formar sua consciência de acordo com a verdade encontrada; e de seguir os ditames de sua própria consciência.