Colégio Porto Real

Professores

A boa formação dos professores é algo fundamental para o processo metodológico. Essa atividade requer profissionais qualificados como competência, atitude, entusiasmo profissional e interesse por melhorar continuamente. Seu principal trabalho é colaborar com os pais dos alunos a que estimulem o trabalho de cada um de seus filhos em idade escolar para que amadureçam como pessoa, sendo capazes de valorizar a si próprio. No método Snipe, cada professor determina a intencionalidade educativa que pretende às atividades programadas. Assim, está diretamente implicado o esforço comum por conseguir que os alunos façam seus objetivos de orientação programada.

Motivação

Um recurso metodológico extremamente utilizado é a motivação para todo o ensino. Em certa medida, o rendimento escolar é consequência da qualidade da motivação. Por isso, esse é um fator presente na realidade diária dos nossos alunos, impulsionando o que está sendo pedido, esclarecendo os objetivos que se deseja e os meios para realiza-los. Tal motivação consiste em estimular o esforço e em estabelecer uma dificuldade razoável para que a tarefa seja realizada.

Atenção Pessoal aos alunos e ritmo pessoal de aprendizagem

Alunos de uma mesma turma apresentam diferentes estilos e ritmos de aprendizagem. Por isso, cada estudante requer atenção pessoal para ajudá-lo a conhecer-se a si mesmo, a desenvolver suas aptidões especiais e a que aceite serenamente suas dificuldades, procurando superá-las. Assim, utilizando recursos metodológicos dinâmicos, oferecendo um acompanhamento acadêmico e avaliações de modo personalizado, conhecendo bem seu aluno, o professor conseguirá desenvolver suas habilidades de modo mais pleno e eficaz.

Desenvolvimento sistemático de capacidades e habilidades próprias dessa fase

É através do plano de estudos (isto é, do trabalho cotidiano realizado nas aulas) e da ação educativa familiar, o processo de aprendizagem se desenvolve de forma sistemática. Esta é a etapa oportuna para o desenvolvimento do pensamento operativo concreto, através da gradual apreensão intelectual, além do estímulo a perguntas e investigações, já que se trata de uma fase onde se consideram os “porquês”.

Nesses anos do Ensino Fundamental I acontecem os períodos sensitivos da aquisição das habilidades intelectuais mais básicas e fundamentais, por isso, é preciso aproveitar esse tempo para uma aquisição com mais facilidade e perfeição.

Estratégias de aprendizagem

Através da exploração das fases do pensamento e das atitudes intelectuais, as habilidades são selecionadas para cada turma, onde serão trabalhadas diariamente em sala de aula. É lógico também que seja avaliado o nível de domínio que cada aluno delas vai alcançando. Por meio dessas habilidades, são trabalhadas atividades como: Percepção oral, análise e interpretação, leitura de textos (planos e mapas, representações gráficas/simbólicas e imagens), expressão oral, escrita e artística, medição e recontagem, solução de problemas, uso de informações etc.

Além disso, a formação de bons hábitos constitui outro braço forte nas estratégias de aprendizagem, dentre eles podemos exemplificar: formação de horário de estudo, uso de agenda, ordenar as tarefas, avaliar suas atitudes e realizações, aproveitamento dos erros e afã de superação, satisfação pelo trabalho bem feito, entre outros.

A Linguagem é o veículo do pensamento. Na medida em que nossos alunos utilizam a língua com maior precisão, ordem e rigor, seu pensamento será também mais ordenado e preciso. Assim, boa parte do tempo de ensino nessa etapa se destina a trabalhar os aspectos procedimentais da língua: ler, escrever, falar, cada vez com maior perfeição por meio de um vocabulário rico e variado. Esse processo decorre com um plano básico de leitura, além de atividades diárias envolvendo a poesias, trava-línguas, adivinhações e canções.

A variedade de recursos do Método Snipe, possibilitará ao aluno uma aprendizagem realmente significativa por meio de atividades dinâmicas e concretas, dentre ela podemos destacar o Jogo enquanto recurso, as Zonas de Trabalho, os bits de inteligência e o uso de tecnologias, dentre outros.

O Jogo como recurso didático é especialmente adequado nesta etapa, principalmente quando jogo e trabalho estão em sintonia, considerando este como esforço para aprender, por meio de uma aprendizagem lúdica e motivadora, contendo regras para resolução de problemas, questões de raciocínio lógico, construção de modelos e aplicações de conhecimentos a situações concretas.

Já as Zonas de trabalho são espaços em sala de aula, onde os alunos realizam atividades de aprendizagem programadas, por meio de investigações, experimentos, manipulação de objetos e construção de trabalhos, enfatizando assim a descoberta e o desenvolvimento das habilidades.

Os bits de inteligência são unidades de informação apresentadas aos alunos na forma adequada ao seu momento evolutivo, nesta técnica estimula-se o aumento da retenção de informações, estruturação das bases para aquisição de conhecimentos, aumento do vocabulário e desenvolvimento da memória e atenção.

E finalmente o uso das novas tecnologias são utilizados como uma ferramenta a mais no processo de aprendizagem por meio de programas educativos, sendo trabalhado pelo aluno de forma autônoma e estimulado a descobrir significativamente a linguagem escrita.